A Meia Maratona “Gran Bahía Vig-Bay” é uma prova de atletismo de estrada disputada entre Vigo, Nigrán e Baiona, com um percurso de 21.097 metros, medida homologada pela Real Federação Espanhola de Atletismo… Mas, como quase sempre, por trás de qualquer atividade humana há aspetos a considerar que transcendem o simples acontecimento.

A ideia inicial desta prova surgiu do sonho pessoal de um conhecido empresário e corredor popular natural de Vigo que durante os seus treinos costumava fazer o percurso à beira-mar; um percurso com marcadas conotações turísticas, paisagísticas e sociais, numa área que reúne mais de trezentos mil habitantes que diariamente se deslocam entre os diferentes núcleos urbanos.

Tendo em conta que o mais importante é o circuíto, era preciso dar um conteúdo à ideia: deste modo nasceu o nome Vig-Bay (síntese de Vigo e Bayona, embora foneticamente nos lembre “grande baía” em inglês), o slogan “a toda costa”, o logótipo com asas e o Clube de Corredores.

Só faltava apresentar o projeto e envolver no mesmo as Câmaras Municipais implicadas e a Federação Galega de Atletismo, para além de conseguir a indispensável ajuda financeira dos patrocinadores, co-patrocinadores e colaboradores.

No dia 27 de fevereiro de 2000 concluiu-se a reunião de todos estes elementos. Nesse mesmo dia deu-se a partida para 1ª edição, com 613 atletas participantes. Em 2019 vamos celebrar a vigésima edição na qual queremos celebrar estas 20 edições com as duas modalidades, a MEIA MARATONA e o grande desafio, a MARATONA, agradecendo deste modo a todos os corredores que se têm incorporado ano após ano, até superar os 5.000 participantes. Consideramos o aumento da participação como o prémio pelo esforço constante da organização para fornecer novos elementos e melhorar os já existentes em cada um dos aspetos avaliados na nossa prova.

Não foi por acaso que fomos os pioneiros em áreas tão diversas como agir de acordo com um procedimento de Gestão da qualidade sob a norma ISO 9001:2000, na utilização do sistema “Champion Chip” de controle de tempos ou em oferecer assistência de recuperação muscular aos atletas; e tudo isso sem esquecer o zelo especial com que sempre temos abordado o funcionamento dos serviços diretamente relacionados com os corredores: guarda-roupa, abastecimento, transporte, vestiários, segurança rodoviária, serviços médicos, etc.

A experiência acumulada permite-nos aplicar procedimentos organizacionais que garantem o bem-estar e o conforto dos participantes, atendendo as suas necessidades previamente planificadas e realizando a prova sempre sob um funcionamento pré-estabelecido.

Mas de nada teria valido este esforço organizacional sem o elemento mais importante para um evento desta natureza: a confiança e a dedicação dos atletas que contribuíram com o seu impulso para que “a Vig-Bay” tenha ganho, merecidamente, um nome próprio no calendário de provas atléticas do nosso país.